Instalação c/ Faturação

Instalar Certificado

Para que as nossas Aplicações sejam consideradas confiáveis pelo seu equipamento, se ainda não o fez, deverá importar o nosso certificado.

Com um clique na imagem acima, baixará uma pasta compactada (zip) que deverá descompactar (unzip). Para isso copie a pasta incluída (“InstalaCertificado”) para onde pretender, por exemplo o ambiente de trabalho, a qual poderá eliminar depois de instalado.

Na pasta encontram-se 3 ficheiros:

  1. Certificado
  2. Ficheiro de comandos para instalar o certificado (precisa executar com administrador)
  3. Atalho para o ficheiro de comandos

Bastará um duplo clique no atalho (3º) e autorizando, será incluído no seu equipamento.

Para instalar ou atualizar a aplicação

Com um clique na imagem em baixo…

Na primeira vez que executa…

Na primeira vez que executar, depois de criar a Base de Dados, será pedido o preenchimento do Registo da aplicação.

Deve ter em atenção que se utilizar a “Faturação” deverá aqui preencher os elementos fiscais que serão utilizados como identificação do emissor dos documentos.

(1) – Nome do Utilizador que será criado
(2) – Senha a criar para o utilizador (importante que não esqueça)
(3) – Endereço de mail onde receberá confirmação do Registo
(4) – A sua identificação comercial como emissor de documentos
(5) – Para registar para que possa emitir documentos (poderá carregar em “Ok” e registar mais tarde em “Definições” / “Registo”.

Caso pretenda testar a aplicação antes de registar, bastará preencher, para além o nome do utilizador e da palavra passe que permanecerá, somente o NIF com ‘999999990’.

A base de dados criada não estará totalmente vazia pois já terá algumas contas (especialmente de Resultados) que servem de exemplo mas que poderá alterar ou eliminar consoante as suas necessidades.

Antes de emitir Documentos deverá preencher os “Parâmetros” nas Definições para que a emissão siga as regras necessárias. Para que a afetação automática nas contas correntes seja correta, poderá ter de criar as contas que serão assumidas na contabilização dos documentos. (Veja como no Manual aqui neste website)

Sugestões para 1ºs passos

  1. Aconselha-se que dê pelo menos uma vista de olhos nos primeiros capítulos do manual para que fique com uma noção de como se utiliza a aplicação.
  2. Comece, depois, por alterar a conta criada “Banco” (do tipo “Conta à Ordem”) ou eliminar e criar uma nova (com saldo inicial) para que tenha o nome do seu banco assim como, se lhe interessar, acrescentar informações sobre o mesmo,
  3. Defina uma data de início da recolha de dados (poderá ser anterior à data corrente se pretender recuperar algum período passado),
  4. Saiba os saldos das contas na data escolhida para que os considere como saldo inicial (caso não o saiba na altura de criação da conta, poderá alterá-lo posteriormente)
  5. Poderá criar mais algumas Contas ou o vai fazendo à medida que vão sendo necessárias para registar Lançamentos.
  6. Verifique as Contas de Resultados criadas e, consoante o que lhe convém, altere, elimine ou acrescente. (poderá também acrescentar posteriormente inclusive na altura em que regista o lançamento)
  7. Registe Lançamentos podendo começar, por exemplo, por reproduzir o extrato bancário desde a data selecionada no ponto 3.
  8. E já está a utilizar!

Sempre que lhe surgirem dúvidas, poderá consultar as informações disponibilizadas neste site, nomeadamente no manual, e, se não encontrar a resposta, poderá sempre usar os contactos para o efeito.

Recomendações

Faça seguranças da Base de Dados com regularidade (Página de “Definições” / “Base de Dados”) embora possa estar implementada uma segurança automática.
Estabeleça uma rotina diária para atualizar a informação. Não gastará muito tempo e terá sempre disponível a informação que precisa. Nos tempos de hoje só estaremos preparados se estivermos informados.


Para apoiar o desenvolvimento é importante que …

Scroll to top
pt_PT
en_US pt_PT